A Francesa Caroline Abram, é filha de um optometrista e oftalmologista Francês que foi para uma missão humanitária no Senegal quando ela tinha 19 anos. Viveu alguns anos embebida com o cheiro do mar, mercados e especiarias da África tropical. As bases ecléticas da sua criatividade foram praticamente impostas a ela, ao deslumbrar pelas cores ocre da terra, o bubus brilhantemente colorido, o sol permanente. Tudo isto associado a sua descendência Indiana, Breton, Polonesa e Francesa. Caroline queria estudar arte, pintura e escultura, mas a genética falou mais forte e ela acabou se tornando uma optimetrista como o pai. Aprendeu e praticou sua profissão em Paris nas lojas da família, onde criava acessórios para óculos. Foi lá que criou o seu primeiro modelo de óculos sem hastes, lorgnettes. Em seguida criou a sua própria marca. Há 15 anos, no Senegal, ela tem um grupo de mulheres que fazem artesanalmente todas as suas criações de: colares para óculos, pingente para óculos, colar porta óculos, etc. Em 2008 a marca Caroline Abram deu um salto no mercado internacional. Ela lançou armações de óculos femininas com design sexy, elegante e ao mesmo tempo simples e bem femininas. Sua primeira coleção de óculos foi extremamente feminina, com: cores vivas, formas cat-eye (gatinho), ultra vintage e vanguardista, tudo ao mesmo tempo. A tendência cat-eye está de volta. Sua marca é ganhadora de 3 prêmios de ouro, o Silmo D’Or.